Menu fechado

Intel critica a AMD depois de testes de desempenho em games da Ryzen 3

MaisTecnologia

Desde que a Intel sofreu algumas alfinetadas da AMD por causa de algumas falhas em processadores pouco antes da Computex, a rixa vem ficando cada vez mais interessante de se assistir. E dessa vez, foi a Intel que criticou a rival AMD. Ela aproveitou o momento e em algumas de suas mais recentes reivindicações de desempenho em games da Ryzen 3, criticou a rival argumentando que “não se trata de benchmarks de escolha de pedidos”.

Para quem não entendeu bem o que isso quer dizer, vamos tentar contextualizar. Durante uma palestra no Intel Software Technology Day, em Londres, nesta quarta-feira, o vice-presidente da Intel Architecture, Jeff McVeigh, argumentou que o melhor é analisar o desempenho real dos jogos e as taxas médias de quadros.

“Contra o que veremos da competição, escolhendo um único benchmark nos jogos. Este é o desempenho do mundo real. Muitas vezes, uma experiência de jogo é definida pela pior taxa de quadros. Não se trata de escolher alguns benchmarks ”, disse McVeigh.

Além disso, McVeigh ainda continuou a destacar ferramentas de análise holísticas, como o VTune da empresa, como uma métrica melhor. O VTune é uma ferramenta usada pelos desenvolvedores para verificar o desempenho dos produtos e otimizá-los para trabalhar com a tecnologia Intel.

Comparação e esforço

Nessa métrica foi mostrado que o mais recente 10º Gen i7 U da Intel ofereceu um aumento de qualidade nítido comparado ao desempenho do chip AMD Ryzen 7 3700U em uma variedade de jogos rodando sem uma GPU dedicada.

McVeigh destacou o trabalho contínuo da Intel para ajudar desenvolvedores e fabricantes de mecanismos de jogos a otimizar jogos para trabalhar com a tecnologia da empresa como uma das principais razões para o melhor desempenho.

“Trabalhamos em estreita colaboração com ISPs e desenvolvedores para desenvolver seu software. Uma área que fazemos muito isso é jogar com gráficos integrados ”, disse ele.

“Em particular, há duas áreas que nos ajudam [otimizar jogos para a tecnologia Intel]. Uma é a amplitude e profundidade de nossas parcerias e como olhamos para a otimização. Não apenas CPU e GPU, como você otimiza completamente. Temos parcerias com todo o ecossistema de desenvolvedores de jogos, desde desenvolvedores de motores até desenvolvedores de IP. ”

A Intel VP apresentou o suporte multi-thread no World of Tanks como um exemplo importante de seu sucesso na área.

“World of Tanks teve 3,5 milhões de usuários assistindo ao campeonato de eSports. Aqui trabalhamos com a WarGaming para otimizar gráficos integrados. Nós trabalhamos com eles para multi-threading através de oito núcleos. Isso permite uma experiência muito melhor ”, disse ele.

Ele acrescentou que as otimizações continuarão quando a empresa finalmente lançar seus lendários e esperados produtos discretos de GPU.

“Quando nos movemos para gráficos discretos, vamos continuar com isso. Temos um roteiro completo da GPU ”, disse ele. Mas enfim, este pequena rixa com certeza não irá acabr apenas com isso.

Ainda é muito cedo para dizer se a Intel conseguiu mesmo um desempenho melhor do que a AMD neste quesito. E muito menos se esta é mesma a melhor forma de determinar a qualidade de um processador. Mas enfim, tem muitos fatores desconhecidos por enquanto. Temos que esperar e ver como a AMD irá reagir, se reagir.

Fonte

Reportagem original

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas